Campos dos Goytacazes
São João da Barra
São Francisco de Itabapoana
Italva
Cardoso Moreira

Campos dos Goytacazes, Terça, 11 de Dezembro de 2018

Alerj derruba veto de lei que isenta custas na execução de honorários

O tesoureiro da OAB/RJ e presidente da Comissão de Prerrogativas, Luciano Bandeira, comemorou o resultado. Por Octacílio Barbosa Foto geral da sessão plenária


06/12/2018 12h16

 

 

Fonte: redação da Tribuna do Advogado

 

Nesta quarta-feira, dia 5, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) derrubou o veto que o governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão havia dado ao Projeto de Lei 3.123/17, que isenta a cobrança de taxa judiciária de 2% sobre os honorários dos advogados. Com a derrubada do veto, a lei deve ser promulgada e publicada no Diário Oficial do Legislativo nos próximos dias.
 
O tesoureiro da OAB/RJ e presidente da Comissão de Prerrogativas, Luciano Bandeira, comemorou o resultado. “Quando dizemos que os problemas da nossa classe só serão resolvidos com a união da advocacia é a mais pura verdade. Essa vitória é prova disso”, disse.
 
O projeto foi feito em parceria com o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Advocacia, deputado Bruno Dauaire (PRP), além dos deputados Márcio Pacheco (PSC) e Tio Carlos (SD). O texto altera o Código Tributário do Estado do Rio.
 
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados também aprovou projeto semelhante a nível nacional, no dia 6 de junho. O Projeto de Lei 8954/17 desobriga o advogado de pagar custas processuais no caso de ação para cobrança de honorários advocatícios e está sendo apreciado pelo Senado Federal.