Campos dos Goytacazes
São João da Barra
São Francisco de Itabapoana
Italva
Cardoso Moreira

Campos dos Goytacazes, Domingo, 04 de Dezembro de 2022

Projeto ‘6º Ano’: OAB Jovem RJ dá início a imersões gratuitas voltadas para iniciantes; saiba como participar

Aulas sobre temas pedidos pelos próprios alunos serão na ESA, parceira do projeto, e nas subseções


03/10/2022 08h17

Clara Passi

O sentido é o de um veterano que acolhe um calouro no primeiro dia de aula, sanando dúvidas elementares e ajudando-o a encontrar seu caminho pelo campus. Quem conduz a advocacia iniciante pelo território novo dos detalhes da rotina da profissão é a OAB Jovem RJ, no projeto “6º Ano”, que teve início nesta sexta-feira, dia 30, com uma imersão de cinco horas de duração na Escola Superior da Advocacia (ESA), parceira da iniciativa. O nome alude à ideia de complementariedade ao que as universidades de Direito ensinam, mas com viés estritamente prático, uma espécie de bônus patrocinado pela Seccional. 

O formato será sempre o de uma aula longa sobre temas levantados pelas próprias advogadas e advogados em início de carreira e/ou aqueles que precisam de suporte para ingressar e se manter no mercado de trabalho. São eles: ética e prerrogativas, processo eletrônico, marketing jurídico, precificação e gestão. Quem leciona são os próprios membros e diretores da comissão, expertises nos temas que, apesar do pouco tempo de carreira, já experimentaram crescimento profissional significativo.

As edições na ESA serão mensais, sempre na última sexta-feira do mês. A próxima será, portanto, em 28 de outubro. Nos entreatos, a equipe rodará as subseções, onde o projeto será recepcionado pelos representantes regionais da comissão. No dia 6 de outubro, o “6º Ano” aportará na OAB/Valença. A inscrição é sempre gratuita e deve ser feita por um link que será publicado no cabeçalho do perfil @oabjovemrj no Instagram.

Prestigiaram a primeira edição os presidentes das comissões OAB Jovem das subseções da Barra da Tijuca, Wanessa Rodrigues, de Rio Claro, Magno de Carvalho, e de Saquarema, Daniel de Souza Soares.

“Em apenas dois dias, recebemos cem inscrições para esta primeira edição”, conta a presidente da OAB Jovem RJ, Amanda Magalhães, idealizadora do projeto em conjunto com a diretoria da comissão. 
 

“O jovem pega a carteira da Ordem e fica muito desesperado. Pensa: ‘Tenho que pagar uma anuidade, conquistar clientes, fidelizá-los, gerir um escritório’. Mas será que ele precisa necessariamente ter um escritório? Abordamos questões de planejamento financeiro e demonstramos que, caso não tenha uma reserva, a OABRJ oferece salas espalhadas por todo o estado”, exemplifica Magalhães. 


A presidente da comissão conta que colheu as dúvidas dos profissionais iniciantes em provocações postadas no perfil @oabjovemrj  , que é seguido por quase 9 mil inscritos, em eventos e em contatos nas cerimônias de entrega de carteira. 

“Identificamos muita dificuldade em relação à precificação de honorários, campeã de dúvidas. À gestão de clientes, de processos, do próprio escritório, dificuldades com o processo eletrônico…O Tribunal de Justiça está passando por muitas mudanças e vamos transmitir aos alunos noções atualizadas do PJe”, conta ela, destacando a parceria inédita da comissão com a ESA, que chancela o projeto por reconhecer a promoção da capacitação, atualização e qualificação da classe e garante certificado aos participantes de cada edição.  

A coordenação está a cargo do 1º vice presidente da OAB Jovem RJ, Luiz Felipe Tostes. 
 

“As imersões são totalmente gratuitas, com especialistas nas áreas, trazendo as informações que não estão nos livros. Estes todos conhecem, mas precisamos do  ‘feeling’  que não está escrito lá. Essa missão da OAB Jovem RJ é uma missão acolhedora é também estruturante para a formação da classe, para mantermos a ideia de que a carreira na advocacia dá certo, que esta é uma excelente profissão, um sacerdócio, e que dá para praticá-la jogando limpo, agindo corretamente”.


1

Dúvidas? Chame no WhatsApp