Campos dos Goytacazes
São João da Barra
São Francisco de Itabapoana
Italva
Cardoso Moreira

Campos dos Goytacazes, Quinta, 16 de Agosto de 2018

Senado votará quarentena de juízes membros do MP que voltam a advogar

Se aprovado, o projeto vai alterar o Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/1994), proibindo magistrados e membros do MP de atuarem em qualquer atividade que configure conflito de interesse ou uso de informação privilegiada.


07/02/2018 11h41

Fonte: Revista Consultor Jurídico

Está liberado para votação pelo Plenário do Sendo o projeto de lei que impõe quarentena de 3 anos para a magistrados e membros do Ministério Público que querem voltar a advogar. Em dezembro do ano passado, o texto foi aprovado por unanimidade pela Comissão de Constituição e Justiça da casa. O lapso temporal já é previsto Emenda Constitucional 45/2004, conhecida como a Reforma do Judiciário.

Se aprovado, o projeto vai alterar o Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/1994), proibindo magistrados e membros do MP de atuarem em qualquer atividade que configure conflito de interesse ou uso de informação privilegiada.

Para o autor do projeto, o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), a mudança é necessária porque, após 13 anos da vigência da regra pela EC 45/2004, a determinação ainda não foi devidamente disciplinada, “o que vem permitindo a ocorrência de abusos".