Campos dos Goytacazes
São João da Barra
São Francisco de Itabapoana
Italva
Cardoso Moreira

Campos dos Goytacazes, Terça, 12 de Dezembro de 2017

Marcos Bruno recebe medalha Raymundo Faoro

Bruno agradeceu a comenda falando por todos os advogados que atuaram em momentos difíceis da história do país: “Em 1979 era um desafio presidir uma entidade que estava reagindo contra o poder da ditadura instalada no país, como o caso da OAB. Aceitei e comecei uma caminhada que tinha como propósito lutar por todos os advogados, principalmente os que estavam banidos dos tribunais”.


04/12/2017 21h38

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
            Foto: Lula Aparício  |   Clique para ampliar
Cássia Bittar
Decano do conselho da OAB/RJ, o também conselheiro da OAB/Campos dos Goytacazes Marcos Bruno foi homenageado com a Medalha Raymundo Faoro nesta quinta-feira, dia 30, em São Paulo, durante reunião da diretoria da Seccional com presidentes das subseções fluminenses realizada após o encerramento da XXIII Conferência Nacional da Advocacia.
 
Marcos Bruno é um advogado combatente, que teve papel importante nos movimentos de resistência à ditadura militar. “Alguns se dispõem a se dedicar às lutas pelo bem da classe e da sociedade por algum tempo. Poucos se dispõem a fazer isso por toda a sua vida, o caso de Marcos Bruno”, declarou o presidente da OAB/RJ, Felipe Santa Cruz, ao anunciar a entrega da comenda.
 
De acordo com Felipe, a OAB/RJ realizará uma sessão especial do seu Conselho Pleno na OAB/Campos, berço do decano, como mais uma homenagem. “Essa sessão ajuda a reforçar também o papel crucial que as subseções vêm realizando nesta gestão”.
 
Bruno agradeceu a comenda falando por todos os advogados  que atuaram em momentos difíceis da história do país: “Em 1979 era um desafio presidir uma entidade que estava reagindo contra o poder da ditadura instalada no país, como o caso da OAB. Aceitei e comecei uma caminhada que tinha como propósito lutar por todos os advogados, principalmente os que estavam banidos dos tribunais”.
 
A medalha Raymundo Faoro é concedida a nível nacional e estadual pela OAB para homenagear os advogados que se destacaram na profissão e prestaram bons serviços à advocacia e à sociedade. Faoro, falecido em 2003, foi o patrono da XXIII Conferência Nacional da Advocacia.