Campos dos Goytacazes
São João da Barra
São Francisco de Itabapoana
Italva
Cardoso Moreira

Campos dos Goytacazes, Terça, 23 de Julho de 2019

Em nota pública, Britto pede a autoridades que garantam segurança de Wadih


25/06/2009 14h24

Do site do Conselho Federal

25/06/2009 - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, nesta quinta, 25, pediu às autoridades públicas do Estado do Rio de Janeiro "por garantias à integridade física do presidente da Seccional da OAB/RJ, Wadih Damous, bem como por esclarecimentos sobre a trama criminosa que pretende eliminá-lo". Britto manifestou, ao divulgar hoje nota pública do Conselho Federal da OAB, "profunda apreensão e perplexidade" com a revelação, pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, da existência de um plano para assassinar o advogado Damous, obstinado combatente do crime organizado. "Tal circunstância é intolerável e exige pronta resposta da autoridade pública", alerta a nota.

Leia abaixo a íntegra da nota.

"O Conselho Federal da OAB manifesta profunda apreensão e perplexidade com a revelação, por parte da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro, da existência de um plano criminoso para assassinar o advogado Wadih Damous, presidente de nosso Conselho Seccional naquela cidade.

A atitude de obstinado combate de Wadih Damous e da OAB contra o crime organizado no Rio de Janeiro, cujos tentáculos penetram os próprios organismos de segurança pública, mobiliza os seus adversários e expõe o ambiente de vulnerabilidade em que há anos vive a sociedade fluminense.

A OAB, ao tempo em que denuncia esse quadro, apela à autoridades de segurança do Rio de Janeiro por garantias à integridade física de Wadih Damous, bem como por esclarecimentos sobre a trama criminosa que pretende eliminá-lo.

Tal circunstância é intolerável e exige pronta resposta da autoridade pública.

Cezar Britto
Presidente do Conselho Federal da OAB


Atualizado por: Edmar Soares Filho